Grupo ad-hoc de Gestão e Defesa Espectral - GDE/LABRE
 
 
Home - Sobre - CEM e interferências - Notícias - Projetos - Interativo - Acervo - Biblioteca - Apoio
 
 
 
Switch-off da TV analógica permite expansão da banda dos 6 metros em Portugal
 

Em alguns países europeus a banda dos 6 metros corresponde a uma faixa menor do que a aplicada na América, com restrições de potências e licenciamentos. As razões desta diferença é a ocupação de frequências próximas por canais analógicos de televisão europeus e pelas forças armadas, especilamente em algumas regiões do Mediterrâneo.

Portugal era um dos casos, com espectro compreendido entre 50 MHz e 50,5 MHz, enquanto a América a faixa segue até os 54 MHz. O maior volume de frequência beneficia, por exemplo, a instalação de repetidoras em NFM.

No entanto, com o avançado estágio de switch-off da TV analógica portuguesa em VHF para o DAB em UHF, os radioamadores portugueses José Carlos Moreira (CT1DHM) e João Costa (CT1FBF) solicitaram para a Autoridade Nacional de Comunicações de Portugal (ANACOM) a ampliação do espectro de 6 metros até os 52 MHz em caráter secundário.

A ANACOM respondeu com uma consulta pública e posterior autorização. A partir de 26 de abril de 2012, todos os radioamadores portugueses terão extendida a faixa dos 6 metros até os 52 MHz, mantendo as restrições de potência (máximo 25 watts) e classes (apenas A e B), com a devida atualização no Quadro Nacional de Atribuição de Frequências (QNAF).

 
Assessoria de Imprensa LABRE
14 de abril de 2012
     
 
 
 

GDE/LABRE - Todos os direitos reservados - All rights reserved

007 WEB - Web Hosting !