Grupo ad-hoc de Gestão e Defesa Espectral - GDE/LABRE
 
 
Home - Sobre - CEM e interferências - Notícias - Projetos - Interativo - Acervo - Biblioteca - Apoio
 
 
 
Nova fase experimental nos 5 MHz
 

Vídeo de atividade radioamadora anglo-americana na banda dos 60 metros
captada em 2010 na estação PW7T por PT7/PY2ZX.

A Comissão Federal de Comunicações dos EUA (FCC) autorizou no dia 12 de março de 2012 emissão pelos radioamadores estadunidenses de sinais em USB, CW, PSK31 e PACTOR III com até 100 Watts de potência ERP na banda dos 60 metros, dos 4330 aos 5405 kHz.

Os radioamadores dos EUA desenvolvem atividades restritas nesta faixa desde maio de 2003 com a coordenação da Liga Americana de Rádio (ARRL), em parceria com a FCC e a Administração Nacional de Telecomunicações e Informação (NTIA). O objetivo é estudar interferências mútuas e uso de propagação regional para futura aplicação em comunicados emergenciais alternativos as faixas de 40m e 80 m. A primeira estação licenciada para tanto foi da ARRL, indicativo WA2XSY.

As condições anteriores limitavam as transmissões a 50 Watts ERP em voz SSB (2K8J3E).

Continuam proibidas emissões automáticas sem participação e controle direto do operador (como links VoIP, packet, rádio faróis, etc).

A escolha da frequência de transmissão também permaneceu não arbitrária: canais específicos foram instituídos para as comunicações com o máximo de 2,8 kHz de faixa passante. Apenas nestas frequências centrais são autorizadas as transmissões. O canal 5 foi dedicado para as chamadas DX em USB (vide Tabela).

Ch kHz Modos
1 5330,5 Voz USB e PACTOR III
5332,0 CW e PSK31
2 5346,5 Voz USB e PACTOR III
5348,0 CW e PSK31
3 5357,0 Voz USB e PACTOR III
5358,5 CW e PSK31
4 5371,5 Voz USB e PACTOR III
5373,0 CW e PSK31
5 5403,5 Voz USB e PACTOR III
5405,0 CW e PSK31

Tabela 1: Organização de frequências e modos durante nova fase de testes
na banda dos 60 metros nos EUA (março 2012). O canal 5 é de chamada DX em USB.

Tão logo os novos privilégios foram concedidos, o primeiro contato em CW entre Estados Unidos e Europa ocorreu às 0501 UTC entre N4CJ e G3VTT em 5373 kHz. Eles utilizaram transceptores K3 e IC-735, antenas dipolo e unifilar acoplada.

Os resultados obtidos com os testes deste período poderão compor a argumentação por uma alocação mundial, em caráter secundário, a ser decidida na Conferência Mundial de Rádio de 2015 (WRC-15).

Outros países também desenvolvem experiências nos 60 metros, com exemplo destacado do Reino Unido junto a Rádio Sociedade da Grã-Bretanha (RSGB). Seus estudos também servirão de subsídios para a WRC-15 através da União Internacional de Radioamadorismo (IARU).

No Brasil a LABRE-SP obteve a primeira licença de operação experimental e temporária na banda dos 60 metros durante a expedição PW2M, Ilha da Moela, litoral central de São Paulo, em fevereiro de 2008. O primeiro contato foi entre PW2M e PY2ZX, cross-band 5403,5 MHz USB / 7055 MHz LSB.

As primeiras escutas realizadas do Brasil sobre atividades radioamadoras nesta faixa ocorreram com PY2ZX e PY2FUS ao monitorar VO1MRC estação do Marconi Radio Club of Newfoundland (Canadá), em dezembro de 2002.

A revista QTC Magazine, produzida pela LABRE-SP, publicou em junho de 2003 um artigo sobre os 60 metros. Confira aqui as páginas 01, 02 e 03 (.jpg).

A associação entre Guglielmo Marconi e o nome de um rádio clube canadense se deve a histórica captação de um sinal de rádio transatlântico por Marconi, em 12 de dezembro de 1901. A emissão aconteceu na Cornualha (Inglaterra) e a escuta ocorreu na estação de Signal Hill, na cidade de São João da Terra Nova, capital da Terra Nova. A captação demonstrou que as ondas de rádio ultrapassavam a curvatura da Terra e assim eram aptas a cobrir grandes distâncias antes cobertas apenas pelo cabeamento submarino da telegrafia com fio.


Composição gráfica da "Parks Canada" sobre o
"Marconi National Historic Site of Canada" em Cap Breton.

Posteriormente Marconi instalou uma grande estação na Ilha de Cap Breton, província de Nova Scotia, localizada ao sul da Terra Nova. Hoje uma das rotas turísticas desta região se chama "Marconi Trail", com a presença de um parque nacional temático protegido pelo governo federal.

A principal estação de Ondas Curtas da Rádio Canadá Internacional também fica na região das províncias atlânticas, em Sackville, New Brunswick. Seus programas em português são transmitidos nos 13, 15 e 17 MHz.

 
Assessoria de Imprensa LABRE
16 de março de 2012
     
 
 
 

GDE/LABRE - Todos os direitos reservados - All rights reserved

007 WEB - Web Hosting !